Observatório Social edição especial - O Aço da Devastação

Nesta edição especial da revista Observatório Social, são apresentados os resultados de uma nova e importante apuração sobre o setor siderúrgico na Região Norte. São resultados que chegam sete anos após a histórica pesquisa Escravos do Aço. Em 2004, mostramos como a produção de carvão vegetal para a indústria de ferro-gusa estava sustentada por uma estrutura arcaica e que violava os direitos fundamentais dos trabalhadores. Na época, grandes siderúrgicas instaladas no polo siderúrgico de Marabá, no Maranhão e no Pará, foram identificadas como financiadoras de carvoarias que usavam trabalhadores escravos na produção de carvão.

Em fevereiro de 2011, lançou uma edição especial sobre o mesmo assunto, A Floresta que Virou Cinza, mostrou como operam os grupos criminosos que esquentam carvão do desmatamento e do trabalho escravo. São quadrilhas formadas por políticos, empresários e servidores públicos do governo do Pará, que se uniram para depredar, em nome de interesses próprios, um dos mais importantes ecossistemas do planeta.

Nesses sete anos que separam a primeira pesquisa dos dados atuais, muita coisa mudou e para melhor. A Carta-Compromisso Pelo Fim do Trabalho Escravo na Produção de Carvão Vegetal e a criação do Instituto Carvão Cidadão, que monitora a cadeia produtiva, melhoraram brutalmente as condições de trabalho nas carvoarias cadastradas pelas empresas, mas o problema não foi resolvido.

Os resultados apresentados nesta edição mostram carvoarias que operam dentro da lei estão sendo usadas como fachada para esconder a produção clandestina, que desmata a Amazônia e mantém trabalhadores em condições análogas à escravidão: sem registro em carteira, sem equipamentos de segurança, sem alojamentos, sem direitos fundamentais. Sem acesso nem mesmo à água potável. A pesquisa também mostra a inoperância do governo do Pará para enfrentar o esquema criminoso que funciona nos porões da Secretaria de Meio Ambiente. É um problema que transcende gestões e não discrimina partidos ou grupos políticos.

English version

Data e Hora: 
06/01/2011 16:30 2011
Tags: 
Tipo de publicação: