Aeroviários e aeronautas entram em greve nesta quarta-feira (3), das 6h às 8h

Greve aprovada na última sexta, 29, é pela valorização dos profissionais da categoria

Trabalhadores e trabalhadoras representados pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac) farão paralisação parcial nesta quarta-feira (3), das 6h às 8h, nos aeroportos de Brasília, Congonhas, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Galeão, Guarulhos, Porto Alegre, Recife, Salvador, Santos Dumont e Viracopos.

As empresas aéreas propuseram pagamentos parcelados por faixas salariais, não retroativos à data-base de 1o de dezembro, ideia que foi rejeitada em assembleias realizadas na última sexta (29).

A primeira proposta para os aeroviários que ganham menos de R$ 1.500 e para os que recebem até R$ 10 mil além de todos os aeronautas é de 5,5% em junho de 2016 e 5,5% em setembro. A outra proposta é de 3% em fevereiro e 8% em setembro.

Segundo Sergio Dias, presidente da Fentac, através de nota,  “a greve é o último recurso que temos para expressar às empresas que elas precisam valorizar e reconhecer o trabalho dos profissionais da aviação que são responsáveis pela segurança nos voos e pelo ótimo desempenho do setor”.

O Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) afirmou também através de nota que foram feitas seis propostas desde outubro do ano passado para atender às demandas das entidades sindicais mesmo com retração econômica, queda na demanda do transporte aéreo doméstico e aumento de custos de operação. 

Medidas de contingência serão adotadas para minimizar o impacto das paralisações, segundo o Snea. 

*Publicado por Brasil de Fato

Tags: 
Crédito da Foto: 
Nayara Striane/Divulgação Fentac
Data e hora: 
02/02/2016 8:30 2016