Macrossetor da Indústria da CUT realiza seminário jurídico em São Paulo

O procurador da República, Eugênio Aragão, a presidenta da CNTV/CUT, Cida Trajano e o presidente da CNM/CUT, Paulo Cayres durante primeira mesa do Seminário

Termina nesta sexta-feira, 17, o 1º Seminário de Ação Jurídica e Política do Macrossetor da Indústria da CUT (MSI) que começou ontem, 16. O objetivo do evento, realizado na sede da CUT Nacional, é a formação de assessores e dirigentes sindicais, além de debater a atual conjuntura política e situação dos sindicatos do Brasil.

A atividade contou com a participação de representantes do macrossetor, dos  ramos metalúrgico, químico, vestuário e de trabalhadores na construção e alimentação. 

De acordo com o presidente do Instituto Observatório Social (IOS) e também da Confederação Brasileira Democrática dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação da CUT (Contac/CUT), Siderlei de Oliveira, a reunião possibilita que os sindicalistas dêem uma resposta jurídica às ações do Supremo Tribunal Federal (STF), que recentemente declarou ilegal a cobrança da chamada contribuição assistencial.

“Os advogados do sindicato não são apenas para cuidar das ações dos trabalhadores, mas também para defender a legislação que protege esses trabalhadores”, afirma  Siderlei.

 

Crédito da Foto: 
CNM/CUT
Data e hora: 
17/03/2017 14:30 2017
Data: 
17/03/2017 2017