A reforma trabalhista que inspira Macri

Maicon Michel durante atividade na sede na CNM

Em entrevista ao jornal argentino Página 12, o secretário de Relacões Internacionais da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM/CUT), Maicon Michel,  comenta as perdas de direitos dos trabalhadores brasileiros com a aprovação da reforma trabalhista. Retrocessos semelhantes a esse também estão em curso na Argentina e México.

"Estão colocando novamente a América Latina no papel de colônia dos países centrais”, afirmou o dirigente.

Confira a entrevista em espanhol no link 

Crédito da Foto: 
CNM CUT
Data e hora: 
26/07/2017 15:15 2017
Data: 
26/07/2017 2017