Direção da CUT reforça greve do dia 30 contra reformas de Temer

Publicado por CUT Nacional

O momento não é de negociar redução de danos com golpista que respira por aparelhos e muito menos desistir das mobilizações com a ilusão de que é possível negociar com o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB) porque estaria fragilizado.

Esse foi o recado dado pelo Presidente Nacional da CUT, Vagner Freitas, durante encontro da direção da Central, nesta quinta-feira (22), em São Paulo, quando a entidade reafirmou a disposição para a greve do dia 30 de junho.

Centrais sindicais apontam que derrota do governo fortalece luta contra as reformas

Comunicação IOS

Segundo a nota, a mobilização nas ruas foi fundamental para reverter a tendência de aceleração do trâmite da proposta no Senado e para criar um cenário favorável para ampliar a luta  contra a retirada de direitos dos trabalhadores. Em nota divulgada na quinta-feira, 21, sindicatos parabenizaram Senadores que votaram contra o Projeto de Reforma Trabalhista, rejeitado  na Comissão de Assuntos Especiais (CAS) no dia 20 dejunho.

Instituto Observatório Social celebra 20 anos

Em 2017, o Instituto Observatório Social (IOS) completa 20 anos de pesquisas e contribuições para a ação sindical, o diálogo social e o desenvolvimento sustentável.

Com o objetivo de comemorar essa trajetória, o IOS realiza ao longo desse ano uma série de quatro seminários temáticos entre os meses de junho e novembro. No último mês, será lançada uma revista comemorativa.

Páginas