Corte de verbas feito pelo governo inviabiliza combate ao trabalho escravo e infantil

Comunicação IOS

O governo impôs ao Ministério do Trabalho um corte de recursos que afetará  diretamente o combate ao trabalho escravo, infantil, à informalidade e outras violações de direitos. Nessa semana, diversos veículos de imprensa noticiaram o contingenciamento de recursos de 70% nas verbas da área da fiscalização do trabalho previstos no orçamento de 2017.  Em resposta às notícias, o Ministério do Trabalho emitiu nota negando a paralisação da fiscalização.

Na China, metalúrgicos da CUT fazem encontro inédito com Banco do Brics

Encontro na sede do Banco do Brics, em Xangai,

Pela primeira vez, uma delegação de sindicalistas é recebida na sede do Banco do Brics (bloco econômico formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) para debater o desenvolvimento econômico pautado no estímulo à indústria.

Nenhum conteúdo para a página inicial foi criado ainda.